Crise, uma oportunidade

Podemos resumir a crise em uma situação de fragilidade nas bases econômicas do país, fato este que provoca reações psicológicas nas pessoas, nos funcionários e nas empresas, identificadas como:

incertezas, medo e principalmente, o desconforto.

O ser humano está sempre buscando a zona de conforto, seja no meio social ou profissional e durante este cenário negativo economicamente, o desconforto acaba por selecionar as pessoas que conseguem lidar melhor com a situação, prevalecendo quem consegue se adaptar e inovar para sobreviver no mercado, ocorrendo uma verdadeira limpeza para aqueles que não buscam novas alternativas.

Portanto, apesar de ser um momento de turbulência,

a crise pode ser encarada como uma oportunidade para que as pessoas alcancem seus objetivos.

 

O movimento permanente é uma maneira muito eficiente de se lidar com a crise, buscar, aprender, inovar e desenvolver novas competências, é nesse momento que você pode se destacar diante daqueles que estão acomodados com a crise.

Não pense que será fácil, porém está longe de ser impossível. Tome como exemplo as nações que já passaram por desastres naturais que devastaram a população de cidades inteiras, como no caso do Tsunami no Japão ou os países que se envolveram na 2ª Guerra, e mesmo no momento mais difícil de suas histórias, deram a volta por cima e hoje estão à frente daqueles que permaneceram em suas zonas de conforto.

Em tempo de mudanças, aumento nas taxas de desemprego e fechamento de empresas, quem sabe não chegou a hora de você traçar o seu próprio caminho. As oportunidades são infinitas, basta você acreditar em você mesmo e colocar suas idéias em prática.

 

É tempo de definir o foco, abraçar a causa e alcançar novos conhecimentos, resultando em crescimento.

 

São em tempos de incertezas e crises que a empresa que promove algo novo, uma nova ação de marketing ou investe em áreas ainda não exploradas, alcança e ultrapassa suas metas, podendo vir a se tornar uma potência.

A melhor maneira de prever o futuro é construí-lo, mas para isso é preciso senso de realidade e pensamento estratégico, capazes de gerar movimento, e buscar a zona de conforto. No lugar de enxergar o momento atual como crítico, é possível repensar e arquitetar o nosso projeto de vida. Nossas carreiras agradecem quando agimos assim.

 

Já imaginou você mesmo ser o dono do seu próprio negócio, e buscar o seu sucesso? Pois então, talvez tenha chegado o momento.

 

O mundo virtual permite que você faça investimentos relativamente menores para atingir um número maior de consumidores quando comparamos a ações offline. Além de facilitar o atendimento, possui uma área de abrangência sem limites e com infinitas possibilidades de negócios, pense nisso.

 

Uma ótima semana.